fbpx

Talvez você que me acompanha há mais tempo já tenha entendido que dieta não é a solução.

Porém, é possível que estejas se sentindo perdida diante de tanta informação sobre dieta e não dieta e não sabe qual o próximo passo a dar.

Pensando nisso, eu trouxe aqui um passo essencial a ser dado, caso você esteja buscando esse caminho:

Peso e saúde são coisas diferentes

Tenha em mente isso! Enquanto continuares medindo tua saúde e teus resultados com a balança, estarás fadada a frustração.

O olhar sobre o peso isola todo o contexto em que ele está inserido. Calma que tenho um exemplo pra te dar:

Vamos supor que a Antônia tenha recebido a recomendação do seu médico para perder peso.

A partir daí, ela traça uma meta:

vou perder 5 kg em dois meses!

Ela faz uma dieta, perde o peso, e considera que o problema está resolvido. Porém, Antônia continua sendo a mesma pessoa (PASMEM! Você não se torna outra pessoa quando perde peso) e antes da dieta, enfrentava os seguintes problemas:

  • Não consegue identificar quando é fome física ou quando é fome emocional;
  • Não respeita sua saciedade e finaliza a maior parte das suas refeições quando já está muito além do satisfeito;
  • Quando está triste ou angustiada, busca conforto na comida, geralmente grandes porções.

Enquanto Antônia estava de dieta, ela IGNOROU esses obstáculos e focou simplesmente em comer menos e com mais qualidade. Cortou os Junk Foods e o refrigerante. Não comprou mais chocolate, a não ser que fosse 70% e evitou ir a alguns eventos com amigos onde haveria comida.

Qual a cena do próximo capitulo?

Logo após perder 5 kg, Antônia enfrenta uma TPM “daquelas” em plena sexta-feira. Como é dia de compras e ela vai preparar as marmitas no final de semana, aproveita a ida ao mercado e compra uma caixa de chocolates ao leite, daqueles que ela adora comer, mas evitou ao máximo durante a dieta. Afinal, ela merece, não é mesmo?

No sábado, Antônia tem um evento e como não foi nos três últimos, resolveu ir nesse mesmo sem muita vontade de sair de casa. Antônia não estava nada bem, extremamente culpada por ter comido a caixa de chocolates inteira ontem a noite e acaba bebendo mais do que gostaria. Come sem perceber o quanto está comendo e vai pra casa um pouco mais animada.

A animação não dura mais do que uma noite e no domingo Antônia já está soterrada pela culpa. Sente que engordou 10 kg e resolve se pesar.

A balança acusa 5 kg a mais!

Antônia sente que todo o trabalho foi em vão, que ela pôs tudo a perder. E decide fazer um detox na segunda-feira.

Segunda-feira de manhã, toma seu suco verde e pega as marmitas prontas para levar ao trabalho! Jejum agendado pra começar à noite

O processo perdura até quarta-feira, quando Antônia chega em casa morrendo de fome faltando poucas horas pro seu jejum.

Qual a cena do próximo capitulo?

Eu não preciso te dizer o que aconteceu com Antônia em detalhes porque você provavelmente já sabe. Já sabe que toda essa restrição regada a culpa levou Antônia ao ciclo tóxico da restrição/compensação.

Você conhece alguma Antônia? Essa é a vida que as Antônias merecem?

Quem tiver a coragem de me dizer que fazer ISSO é saudável, certamente está cego de empatia!

Não há suco detox que elimine toda essa culpa e auto punição.

Mas existe um caminho diferente, que leva em consideração a história da Antônia com os chocolates ao leite, que leva em consideração a necessidade de socializar de Antônia, que leva em consideração o ciclo hormonal de Antônia.

Algumas Antônias conseguem perder peso, sim, e pagam um alto preço para mantê-lo, dentro de uma bolha chamada vida fitness. A minha Antônia e as outras de quem eu cuido sofrem dentro dessa bolha um castigo tão grande e só não saem de suas bolhas porque são ensinadas a acreditarem que PESO e SAÚDE são a mesma coisa.

Quer virar a chave e cortar o ciclo?

Comece por ai…

Mude isso em você!

Decida desvincular o peso do peso da sua vida e leve em consideração o que realmente é saúde para você.

Saúde só é exagero se for de afeto;

Saúde só é falta se for de julgamento.

Saúde pra mim e saúde pra você!

Por mais #diassembalança

Com carinho,

Grazi Batista

Categorias: DicasDieta

0 comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *